quarta-feira, 25 de agosto de 2010

A INQUISIÇÃO DA DIRECÇÃO DA SPMFR

A Direcção da SPMFR iniciou uma nova luta contra os "infieis". Espero que saiba que já não há guerras santas.


Este email foi enviado aos  colegas que constam da base de dados da SPMFR e não só. Educadamente esclareci os autores do email; no entanto eles entenderam que não deviam esclarecer os seus correspondentes, pelo que me sinto no direito de o fazer.


1 - Contrariamente ao que afirma neste email, a Direcção da SPMFR divulgou um "anúncio de emprego" para Médico Fisiatra em 12 de Outubro de 2009, conforme se pode confirmar no email abaixo.

2 - Eu fui membro da Sociedade Portuguesa de Medicina Física e Reabilitação até Outubro de 2003; nunca tive necessidade de partilhar com ninguém as motivações que me levaram a deixar a Sociedade. No momento em que tomam a iniciativa de o divulgar entre os colegas eu devo também explicitar aquelas razões (o que farei em breve neste blogue).

3 - Eu não usei a base de dados de ninguém, usei o meu computador e a minha lista de contactos (muitos dos quais são públicos e constam dos respectivos endereços profissionais).

4 - A SPMFR usa a sua base de dados de modo negligente e nela inclui pessoas que não são seus membros e que não deram autorização para dela constarem (que dirá a Comissão Nacional de Protecção de Dados deste comportamento?). Com falhas desta gravidade e fugas vergonhosas de informação, como se atrevem a criticar os outros qualificando de "abusivo", "pouco elegante e não ético"? Não seria melhor olharem para o seu umbigo, e evitarem fazer e dizer asneiras?

Seguidores