domingo, 1 de maio de 2011

SÓCRATES OUTRA VEZ? NÃO OBRIGADO.

Vou tentar resumir algumas das razões pessoais que me levarão a não votar Sócrates. Quando digo pessoais quero dizer que não são razões suportadas em artigos de opinião de jornalistas, de comentadores políticos ou mesmo de especialistas em qualquer área económica ou social. As razões que me levam a NÃO VOTAR SÓCRATES, prendem-se apenas com aquilo que foi a minha vivência pessoal nos últimos 4 anos.
Em Outubro de 2006 fui para o Centro de Medicina de Reabilitação do Centro Rovisco Pais, para evitar o pior para a insitiuição, uma vez que mais ninguém quis assumir as funções que eu fui desempenhar.
Quando o CMRRC passou a ter médicos, abriu novas valências, adquiriu idoneidade formativa para a Especialidade de MFR, fui "saneado" no verdadeiro sentido da palavra.
Recorri ao Conselho de Administração, fui ouvido na Assembleia da República, falei com o Presidente da Administração Regional de Saúde (por telefone, uma vez quer nunca me quis receber), enviei emails à Ministra da Saúde, ao Primeiro Ministro e nenhuma desta instâncias deu valor às queixas de um cidadão que estava a ser maltratado pelo SISTEMA. 
Enveredei pela via judicial e ganhei o processo em todas as instâncias, incluindo o Supremo Tribunal Administrativo. Apesar de tudo, o acórdão desta última instância ainda não foi aplicado, o que significa que a justiça está por aplicar.
Regressei ao meu lugar de origem (Chefe de Serviço no Centro Hospitalar de Coimbra) tendo sido colocado na prateleira, uma vez que as minhas competências profissionais e o meu tempo de trabalho continuam sub-aproveitados, por decisão do Director de Serviço (?), com o conhecimento e consentimento dos superiores hierárquicos.
Estes factos não são passíveis de serem manipulados pela informação e contra-informação. O Conselho de Administração que praticou estes actos está em regime de gestão corrente; eu continuo a receber o meu ordenado, a desempenhar as minhas funções a meio gás e o Director de Serviço propõe a contratação de mais três médicos, quando nem sequer tem trabalho para me atribuir.
Será possível continuar com mais do mesmo? Eles não ouvem os cidadãos, só querem o seu voto para depois se ouvirem uns aos outros. CHEGA. 

2 comentários:

  1. e será isso "culpa" do Socrates ?
    será "culpa" do "sistema" ? das pessoas /individuos envolvidos ?
    será que o próprio não terá tb "culpas no cartório" ?

    ResponderEliminar
  2. É claro que não sou nenhum santo, não quero ser e não acredito naqueles que o parecem.
    Suponho que a atitude com Conselho de Administração do CMRRC teve uma razão, o que não passa de conjectura minha. Talvez eles pudessem divulgá-la, o que até à data não aconteceu e já lá vão 3 anos. Porquê??
    É claro que o Sócrates não tem culpa directa nos factos. A culpa é de todos nós que criámos condições para ter tido um Salazar e para permitir que os governos se apoderem da máquina do Estado e o transformem num feudo partidário. É aqui que entra o Sócrates, ou antes os seus mandatados, que não são capazes de fazer cumprir as regras da vivência democrática e do Estado de Direito.
    No entanto, eu posso dizer que ganhei todas as causas em que me envolvi baseado nas regras da vivência democrática; posso dizer que o próprio Estado não aplica a Lei nem se submete às suas consequências (e por isso ainda não deu cumprimento ao acórdão do STA).
    Também não é culpa do Sócrates que os Portugueses não saibam conviver sem sem ser na paz podre da falsa unanimidade; ele só tem culpa por promover o "yes man" para se perpetuar no poder. É por esta falta de capacidade critica e de dialética construtiva que o país não passa da miséria em que vivemos.
    Aliás este facto é visível nos comentários que tenho colectado neste Blogue ao longo dos anos, onde as pessoas não se identificam, não fazem críticas construtivas, não fazem comentários, mas penso que ainda são arquétipos do obscurantismo que herdámos do Estado Novo e que os nossos dirigentes políticos tem cultivado como forma de continuar no poder.

    ResponderEliminar

Seguidores

National Geographic Photos