quinta-feira, 7 de outubro de 2010

RESISTIR... É UM DIREITO OU UM DEVER??

Eu começaria por responder a esta pergunta pelo fim, dizendo que RESISTIR É UM DEVER CÍVICO para quem quer exercer o direito de RESISTIR.
Não só é um direito e um dever como uma postura de vida.
As grandes figuras da resistência são hoje modelos de vida que ninguém quer seguir. Isto porque "Para o poder, os resistentes são loucos, terroristas ou tratados com indiferença" (SIC - Ana Cordeiro; Publica 7 de Fevereiro de 2010). Para além de maltratados pelo poder, apenas a alguns é reconhecido o estatuto de CIDADÃO quando as suas causas vencem, passando então a ser considerados heróis. Foi o que aconteceu com os movimento de libertação dos povos e com o seus lideres; foi o que aconteceu com os defensores da democracia e da liberdade.
Ghandis e Mandelas são exemplos únicos e paradigmáticos da entrega na defesa de causas de justiça, e de liberdade.
No entanto, em cada pequena causa que defendemos, que ganhamos ou perdemos em defesa de valores de vida, há um pequeno resistente que à sua medida contribui para vivermos num mundo que queremos que seja mais justo em cada dia que passa.

3 comentários:

  1. O Diario de Coimbra ontem trazia-nos uma surpresa: a criação dum tal centro hospitalar universitario de Coimbra.
    Como se pode ler aquele conteudo não passa de um sonho que o dr Regateiro e seus muchachos querem.
    Não custa atirar com o barro á parede; se ninguém falar até pode ser que cole. . Não lhe deve estar a saber bem o desgoverno que vai no HUC e para disfarçar ataca com uma OPA aos outros hospitais.
    Sempre se disse que em tempos de crise há quem se governe...e ele até tem uma mera preocupaçãozinha com os funcionarios dos outros hospitais ( muito obrigado pela parte que me toca)pois esclarece logo que o dito sonho não põe em causa postos de trabalho e que nemhum funcionario vai ser despedido. Então pergunto eu : com uma garantia destas como pensa ele e o dr pimentel gerir esse monstro!? aposto que até vai criar mais não sei quantos gabinetes para colocar os amigalhaços - gosto mais desta palavra que boys.
    Chega de aproveitamento sobre os que trabalham, deixem-se de "professorices"!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Há um ano andavamos a RESISTIR NA SAUDE por causa do C. A. do CHC; este ano parece que outros querem tomar conta de tudo incluindo o CHC. Deve ser do Outono.

    E se assim é tao importante criar um centro hospitalar universitario em coimbra,com um orgao de gestao unico, sugiro que o presidente desse conselho de administração não seja o dr Regateiro nem o dr Pimentel.
    se o(s)escolhido(s) forem gestor do CHC, do H. Sobral Cid ou H.do Lorvao acham que a ideia vai para a frente? Eu duvido.
    o que se está a passar é um interesse e ambição pessoal e nada mais.E tal como há um ano espero que as pessoas do CHC se mobilizem e saibam provar junto da sra ministra que o CHC tem um lugar muito proprio e uma maneira de estar que não se coaduna com a megalomania do sr dr Regateiro.
    mlm

    ResponderEliminar
  3. o Sr PROF DOUTOR F Regateiro gostaria muito de ocupar o cargo de CEO do novo Centro Hospitalar, disso ninguém duvida ! Mas será que lá chega ? o tráfico de influencias não está,de forma nenhuma em crise aliás deve ser a "linha" de maior produção actualmente) mas, meu Deus (!) há LIMITES ! Um pouco de competencia seria necessária e parece-me que o sr.prof já demonstrou que ISSO...não tem !

    ResponderEliminar

Seguidores