terça-feira, 26 de maio de 2009

ESPECIALISTAS EM ANULAR

O Conselho de Administração do CMRRC está a tornar-se especialista na anulação de actos administrativos. 
Na notícia da visita dos parlamentares da saúde de ao Centro, foi referida a existência de um concurso de "técnicos de fisioterapia" (referia-se provavelmente a Fisioterapeutas). Este procedimento contratual destinado a regularizar a situação de pessoal em regime precário, foi objecto de anulação por razões X, com vicissitudes denunciadas pelos candidatos.
O concurso para contratação de um Médico Fisiatra caducou em 1 de Janeiro de 2009 (tendo estado aberta 2 dias), e não foi reaberto porque houve concorrentes indesejados? 
Agora chegou a vez de anularem um Concurso Público. Desta vez quais são as razões invocadas? Não gostaram das candidaturas ou havia algum candidato preferido que ficou de fora?
Quantas outras anulações aconteceram, quanto trabalho administrativo desperdiçado nesta repetições? Quantas vezes estas anulações são fundadas em razões de facto e não apenas na incompetência ou na satisfação de objectivos pessoais?
É muito difícil fazer bem, e então à primeira, é para alguns obra impossível.
Quando não anulam actos, praticam actos (administrativos) inexistentes como aconteceu no dia 23/6/2008 (que será descrito noutra oportunidade)!!

1 comentário:

Seguidores

National Geographic Photos