quarta-feira, 8 de abril de 2009

TURBO-MÉDICOS??

O Centro de Medicina de Reabilitação do Centro tem sido conhecido pela falta de recursos humanos, nomeadamente médicos especialistas (que para trabalhar naquele centro precisam de ser da confiança (?) do Concelho de Administração), pelo que tem recorrido a diversos expedientes incluindo a acumulação de funções.
É o caso de um médico actualmente em regime de mobilidade que, em 35 horas de trabalho, das quais 20 seguidas entre as 8 da manhã e as 4 da madrugada e as 15 restantes divididas por três dias (de horário normal efectivo), acumula as funções seguintes:
- Adjunto do Director Clínico;
- Presidente da Comissão de Ética;
- Director do Serviço de Reabilitação Geral;
- Director de Serviço V – Unidade de consultas externas ...;
- Presidente da Comissão do Internato Médico e orientador de estágio;
- Responsável pela activação do Serviço I – Unidade de crâneo-encefálicos.
Infelizmente não lhe sobra tempo para funções assistenciais, mas não se pode estar em todo o lado, sobretudo quando à saída tem de exercer funções de Director Clínico num Centro que presta cuidados a utentes do SNS, tem um consultório privado em Coimbra, é Presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Física e Reabilitação (e sabe-se lá de que mais é capaz).
A estratégia de não assumir a Direcção Clínica é apenas mais uma finta ao sistema.
É claro que o regime de incompatibilidades não é cumprido, pelo sentimento de impunidade reinante, apesar da lei ser explícita: “Aos profissionais dos quadros do SNS é permitido, nos termos da lei, o exercício de actividade privada, desde que dela não resultem, designadamente em virtude de contrato ou convenção, quaisquer responsabilidades do SNS pelos encargos correspondentes aos cuidados prestados aos beneficiários.”
A manutenção deste regime, que só tem paralelo no histórico exemplo dos turbo-professores, só acontece por conivência dos responsáveis.

3 comentários:

  1. com este discurso até parece q eles se fartam de trabalhar...o director clínico!Presidente da Comissão de Ética!Director do Serviço de Reabilitação Geral! blá!blá!blá!

    ResponderEliminar
  2. Supostamente todos estes cargos têm funções, responsabilidades, com pessoal e com utentes.

    ResponderEliminar

Seguidores