terça-feira, 7 de abril de 2009

QUE RECURSOS HUMANOS NO CMRRC ?

A gestão dos recursos humanos assume, na área da saúde, um papel fundamental para o sucesso institucional quanto à qualidade e adequação da sua produção e quanto à autonomia económico-financeira.
Para as estruturas hospitalares constitui um desafio, assegurar a actualização do seu parque tecnológico de modo adequado a fazer face às necessidades crescentes da população, e garantir a existência de recursos humanos necessários à sua utilização.
Os investimentos necessários à actualização do parque tecnológico têm existido, por vezes de modo excessivo, face aos recursos humanos existentes para explorar plenamente a sua utilização. Muitos exemplos há pelo país fora, de equipamentos que ficaram obsoletos por incapacidade de os colocar em funcionamento.
No Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro (CMRRC) durante os últimos 5 anos assistimos a um grande investimento em edifícios e equipamentos, o que tem contrastado com o investimento na estabilização dos respectivos recursos humanos.
Os sectores profissionais estáveis na instituição são o corpo de enfermagem e os quadros administrativos. O primeiro, pela actividade desenvolvida pela então Enfermeira Directora e o segundo pela continuidade e alguma renovação do quadro do Hospital Rovisco Pais.
No entanto nunca foram desencadeadas iniciativas que tenham permitido estruturar os quadros técnico e médico de modo a assegurar a sustentabilidade e o grau de diferenciação que se pretende.
Continuam a ser utilizados recursos precários recorrendo a recibos verdes e a contratos mais ou menos habilidosos, bem como à mobilidade de curta duração.
Há mesmo médicos a trabalhar sem qualquer relação contratual!!! Como é possível?
Quem tem interesse em manter esta situação?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores

National Geographic Photos